A fórmula da felicidade

27 de setembro de 2019 - Artigos / Dicas

F=G+C+A

Já não é de hoje que buscamos a fórmula da felicidade. Todos nós queremos saber como se faz para ser feliz. E não é que pesquisadores da psicologia positiva resolveram participar desta busca e propuseram uma fórmula. Eles concluíram que fatores como genéticacircunstâncias da vida e atividades intencionais influenciam diretamente na nossa felicidade.

Em novembro do ano passado, no Congresso da Felicidade, tive a oportunidade de ver a palestra de Tal Ben-Shahar, PhD em psicologia positiva e professor do curso mais concorrido da história da Universidade de Harvard: “A Ciência da Felicidade”.

Shahar falou muito sobre 7 tópicos que associo as Atividades Intencionais propostas na fórmula da felicidade. Seriam eles:

Lição 1: Dê a si mesmo permissão para ser humano. Aceite suas falhas. “Aprenda a falhar ou você vai falhar em aprender”, avisou o professor. Tal Ben-Shahar diz que aceitar os erros e as frustrações faz parte do processo de inovação. Hoje o mundo é estressante, e isso tem um grande impacto na nossa busca pela felicidade. O professor recomenda abraçar o estresse e o fracasso, pois isso faz parte do que é ser humano. Ele diz que o estresse é até bom, desde que se aprenda a mudar sua visão sobre ele. Todos nos emocionamos, todos nós sentimos e reagimos ao que nos acontece, devemos nos sentir livres para nos expressar e não ter medo do que irão dizer. A inteligência emocional nos dá a chave para nos conhecermos e nos desenvolvermos em nossos relacionamentos.

Lição 2: Aprenda a lidar com o estresse. Busque significado no que faz e reserve tempo para relaxar. “O estresse nos deixa mais fortes, mais resilientes e melhores em resolver problemas no cotidiano. Quando você faz musculação, por exemplo, você coloca estresse no seu músculo. Se dia após dia trabalha um pouco e vai aumentando o peso, aos poucos você fica mais forte. Agora, se você puxar peso demais, não descansar e tentar puxar cada vez mais, você vai se lesionar”, explicou ele. Também é importante, termos um hobby. Temos obrigações, tarefas, diversos compromissos no dia a dia, então separar um tempo para fazer aquilo que mais gostamos, é o que nos faz sentir que temos uma vida plena e feliz e, por isso, deve ser uma tarefa obrigatória para todos.

Lição 3: Tenha em mente que a felicidade depende principalmente de nosso estado de espírito. Pense positivo! Abra o seu espírito para conhecer e ser conhecido, sendo verdadeiro e sincero, sabendo realmente quem é qual o significado da vida. Viva a vida que corresponde aos seus valores. Um bom exercício é tomar nota do que gosta em si, o que mais valoriza e o que é bom de modo a construir autoestima positiva e Auto realista.

Lição 4: Simplifique! Geralmente estamos ocupados demais, tentando espremer mais e mais atividades em menos e menos tempo. Saiba dizer não! É preciso parar de querer tudo para ontem, fazer muitas coisas ao mesmo tempo e tentar acelerar cada vez mais. Simplificar a vida é torná-la mais leve, mais fácil, mais simples. É saber que nem sempre tudo vai estar bem, mas que sempre haverá algo que dará certo. Fazer as coisas com mais calma, tranquilidade e ter mais paciência com as tarefas, situações e até com as pessoas ao nosso redor, podem aumentar a nossa felicidade.

Lição 5: Lembre-se da conexão mente-corpo. Exercite-se! Uma mente sã tem como base um corpo são, pode ser mais difícil sentir alegria quando está fisicamente doente. Por isso, se quiser manter a sua mente positiva e o seu espírito são, comece por dormir um determinado número adequado de horas, dar atenção à alimentação e faça exercício regularmente. A fórmula comum para uma vida feliz inclui exercício físico, exercício respiratório e mental, como exemplo a meditação. Boas horas de sono e toque humano (por exemplo, abraços) – esta é a chave para a ligação mente-corpo. Já os exercícios físicos, melhoram o sistema circulatório, ajudam a liberar tensões, e produzem endorfina no corpo, promovendo assim uma sensação de bem-estar. “Com trinta minutos de exercício físico regular, três vezes por semana, não seremos apenas mais saudáveis, mas também mais felizes”.

Lição 6: Expresse gratidão, sempre que possível. Ser grato não é apenas agradecer por tudo aquilo que tem, mas sim, realmente sentir a sensação de gratidão, e ficar feliz por isso. Perceber o que temos e o que somos, e dar o devido valor para isso, pode gerar um sentimento de felicidade. Seja consciente de tudo o que você tem, fez, faz e é. Isso com certeza vai te levar para o caminho certo, e trazer o sentimento de bem-estar.

Lição 7: Priorize relacionamentos. Relações interpessoais cara a cara com o outro, e não através de telas, geram em nós uma sensação de prazer que leva à felicidade. Quando dedicamos tempo ao contato com as pessoas que amamos, também investimos tempo em nós mesmos e em nosso bem-estar. Cultivar relações significa igualmente investimento no tempo e energia para relações mais próximas e positivamente orientadas; deixe partir a relação que lhe traz nada mas apenas pontos negativos à sua vida.

#desenvolvimentohumano #recursoshumanos #carreira #consultoria #performance #ciênciadafelicidade #psicologiapositiva #coaching

Camila da Gama – Consultora de Desenvolvimento Humano e Organizacional | Executive Coach

Especialista em Desenvolvimento Humano e Organizacional, com mais de 15 anos de experiência em empresas nacionais e multinacionais. Possui expressiva atuação em projetos de desenvolvimento e transformação organizacional com foco em cultura e gestão da mudança. Liderou inúmeros projetos de desenvolvimento, endomarketing, estratégias de remuneração, programas para líderes e equipes, gestão de indicadores, gestão da performance e clima organizacional em processos de transição e mudança.

Graduada em Administração de Empresas, pós-graduada em Gestão Estratégica de Pessoas pela Fae Business School e aluna do MBA Executivo em Economia e Gestão Estratégica de Mercado da FGV.

Atualmente é consultora da área Gestão Estratégica de Pessoas e Coach, certificada pela SLAC – Sociedade Latino Americana de Coaching.

– O propósito de seu trabalho é explorar as potencialidades das organizações e profissionais, propondo estratégias que os apoie a atingir resultados sustentáveis para seus negócios e carreiras, fazendo com que despertem sobre a capacidade de ir além, inspirando-os a tornarem-se melhores versões de si mesmos com foco no protagonismo e na evolução contínua.

E-mail: camila.gama@dhoconsulting.com.br

Site: https://dhoconsulting.com.br

Linkedin: https://www.linkedin.com/company/dhoconsulting/