Quando e por que devo recorrer ao coaching?

17 de setembro de 2018 - Artigos / Dicas

A vaga tão sonhada será aberta na empresa em que trabalha e você não sabe o que fazer para se destacar e conquistar a promoção? Você está à frente de um grande projeto e precisa gerar resultados? Você também recebeu feedback sobre seu desempenho ou percebeu que deve desenvolver novas habilidades? Gostaria de ser um gestor, mas não sabe coordenar uma equipe? Ou ainda, avalia que não está satisfeito em seu momento atual e busca uma mudança?

Durante sua trajetória profissional você ficará diante de situações semelhantes as acima citadas. E é por motivos bem parecidos com esses, que muitos profissionais recorrem ao coaching.

Mas afinal, o que é o coaching?

O coaching é um processo de desenvolvimento humano, pautado em diversas ciências e técnicas para apoiar pessoas e empresas no alcance de metas, no desenvolvimento acelerado e, em sua evolução contínua. Consiste em explorar as competências do profissional para que ele alcance um determinado resultado e desenvolva suas capacidades para resolver problemas.

Ao contrário do que muitos pensam, esse processo não é indicado apenas para altos níveis de cargos corporativos, quanto mais cedo o profissional buscar apoio de um coach, mais cedo será sua autoconsciência, a clareza de suas metas, seus talentos e necessidades de desenvolvimento. Desde adolescentes e jovens em formação até gestores e empreendedores podem recorrer ao coaching.

A metodologia do coaching pode estimular o aumento da autoconfiança e quebrar barreiras para que o profissional possa atingir o seu potencial máximo.

De acordo a revista InfoMoney, dados apontados pela Association of Executive Search and Leadership Consultants (AESC), mostram que nos Estados Unidos, o mercado de coaching movimenta US$ 3 bilhões ao ano, a grande maioria das empresas estadunidenses (93%) já aderiu ao serviço, e 51% dos executivos acreditam que o coaching é uma ferramenta fundamental.  O coaching ganha cada vez mais adeptos e espaço no Brasil. Isso porque, além de movimentar e gerar ganhos econômicos, a técnica é uma metodologia de desenvolvimento que tem como objetivo tirar um indivíduo de sua situação atual e levá-lo ao estado desejado de forma rápida e satisfatória.

O processo é uma oportunidade de visualização clara dos pontos individuais, de aumento da autoconfiança e da quebra de barreiras de limitação, para que as pessoas possam conhecer e atingir seu potencial máximo e alcançar suas metas de forma objetiva e, principalmente, assertiva. O processo de coaching pode ter papel decisivo em qualquer carreira ou alcance de determinada meta. Um exemplo disso, é o fato de algumas seleções da Copa do Mundo, terem tido o apoio de Coaches para obter melhores resultados durante as partidas. O processo de coaching, uma tendência no esporte mundial, tem ganhado espaço no esporte brasileiro também. Em 2015, o Atlético Paranaense investiu neste processo, contratando os mesmos serviços utilizados pela seleção da Alemanha na época. Nestes casos, o trabalho do coach consiste em apoiar o atleta a manter o foco, desenvolver ainda mais suas habilidades e a superar obstáculos que o separe de atingir o maior rendimento e a melhor posição. Além disso, um dos objetivos de se aplicar a metodologia do coaching é o fato de poder driblar barreiras emocionais e apoiar o atleta a encontrar o caminho que o levará ao pódio.

Em entrevista realizada à Rádio Gaúcha, no mês de julho de 18, o ex-treinador da Seleção Brasileira de vôlei masculino, Bernardinho, fez uma rápida avaliação da situação vivida por Neymar e afirmou que adoraria ser o coach do atleta para trabalhar melhor algumas questões extracampo. “Eu chego neste momento da minha vida com muita vivência no esporte e conhecimento dos mais diversos tipos de atleta. Desde o mais egocêntrico até os mais jogadores de equipe. Até brinquei que gostaria de ser o Coach do Neymar em algumas questões. Sem entrar no mérito do futebol, não sou nenhum conhecedor profundo desse esporte, mas sobre o comportamento, postura diante de algumas situações, como lidar com pressão. […] acho que ele é uma pedra preciosa que o Brasil tem ainda precisa ser lapidada e trabalhada”, afirmou.

Com o mercado de trabalho cada vez mais dinâmico, o autoconhecimento passou a ser ainda mais importante, seja para a carreira dos profissionais ou para atingir metas e objetivos pessoais. Isso porque, quando a pessoa desenvolve o autoconhecimento, ela consegue traçar metas e ter claro seu propósito, além de potencializar seu foco. Mas adquirir autoconhecimento não é uma tarefa simples: requer orientação e técnicas de profissionais especializados. E, é neste sentido que os coaches, especialistas que utilizam conhecimentos das mais variadas áreas, como a administração, gestão, psicologia, neurociência, recursos humanos e planejamento estratégico, atuam. Tais profissionais se formaram justamente para ajudar a desenvolver e orientar as pessoas, a fim de que utilizem o máximo de seu potencial, seja na vida pessoal, social, familiar ou financeira.

A seguir algumas perguntas e repostas que poderão esclarecer ainda mais o processo de coaching:

Será que vale mesmo a pena investir em um programa de coaching?

O coaching é um programa para quem quer alcançar maiores resultados para sua carreira ou vida, desenvolver liderança e atingir metas. O trabalho de um coach basicamente leva a pessoa do ponto A (Estado Atual) para o ponto B (Estado Desejado).

No processo de coaching nós analisamos onde se quer chegar e trabalhamos com ele para avaliar seus valores, competências e habilidades.

A intenção é fazer com que a pessoa passe a enxergar cada desafio como uma oportunidade e transforme problemas em soluções. Para isso, o trabalho funciona a quatro mãos, são desenhadas estratégias para apoiar o profissional a potencializar seu talento, lapidando suas fraquezas e ampliando sua visão.

Um profissional de coach usa técnicas e ferramentas já testadas e certificadas por institutos internacionais de coaching. Elas vão desde a parte comportamental até formações específicas para o executivo.

As ferramentas utilizadas pela DHO Consulting são testadas e certificadas por institutos internacionais tais como Sociedade Latino Americana de Coaching, International Association of Coaching, European Mentoring & Coaching Council e Professional Coaching Alliance.

Além dessas ferramentas, um coach precisa conhecer muito o mercado e o ambiente corporativo. Algo que faz com que o Coach tenha domínio e apoie seus clientes com segurança é o fato de ter vivenciado essa experiência durante muitos anos.

Qual é o perfil de profissional que geralmente busca um coach?

Boa parte dos profissionais que buscam um coach, sabem onde querem chegar, mas não têm foco, ferramentas e disciplina para alcançar um objetivo.

Uma pessoa que consulta um coach, quer ir além, são profissionais mais ambiciosos, que não se acomodam em suas posições, e buscam uma trajetória bem-sucedida e de resultado.

Quais motivos levam o profissional a recorrer ao coaching?

O profissional recorre ao coach quando ele percebe que algo não está saindo como ele espera ou quando ele se sente perdido em um determinado momento da carreira. Geralmente ele quer melhorar seus resultados, sua equipe, desenvolver liderança, melhorar sua comunicação e ser reconhecido.

Quais os resultados mais alcançados nesses processos?

Depois de passar por um processo de coaching, o profissional consegue melhorar seu relacionamento com o trabalho. Ele passa a gerenciar melhor sua equipe e alcança bons resultados. Além de melhor performance, ele ainda pode obter benefícios pessoais, como controle de estresse, melhor gestão do tempo e até perda de peso. Muitos profissionais até voltam a praticar esportes, pois passam a gerir suas rotinas de forma mais organizada.

As empresas valorizam quem tenha passado por um coaching?

Uma empresa que tem lideranças mais atuantes irá perceber diferencial em uma pessoa que passou pelo processo de coach. Inclusive, há casos em que a companhia contrata programas de coaching para alavancar resultados em projetos específicos ou para desenvolver seus gestores. Porém, o ideal é que cada profissional seja protagonista da sua carreira independente de investimentos da empresa e foque no autodesenvolvimento.

Como avaliar se vale a pena contratar um coach?

 Antes de tudo é preciso avaliar o custo de oportunidades. Deixar de investir em algo para economizar, pode acarretar em gastos maiores no futuro. Além de, levar mais tempo e energia para alcançar um resultado que poderia ser conquistado em um tempo bem menor.

Então, ao invés de analisar somente o valor investido, o profissional deve avaliar o que ele está deixando de ganhar quando não passa por um processo de coaching.

Para saber se é o momento de obter o apoio de um coach, o ideal é fazer uma primeira entrevista antes mesmo da contratação do programa, assim saberá se as necessidades apontadas estão alinhadas com o que um processo de coaching pode proporcionar.

Camila da Gama – Consultora de Desenvolvimento Humano e Organizacional | Life & Executive Coach

Especialista em Desenvolvimento Humano e Organizacional, com mais de 15 anos de experiência em empresas nacionais e multinacionais. Possui expressiva atuação em projetos de desenvolvimento e transformação organizacional com foco em cultura e gestão da mudança. Liderou inúmeros projetos de desenvolvimento, endomarketing, estratégias de remuneração, programas para líderes e equipes, gestão de indicadores, gestão da performance e clima organizacional em processos de transição e mudança.

Graduada em Administração de Empresas, pós-graduada em Gestão Estratégica de Pessoas pela Fae Business School e aluna do MBA Executivo em Economia e Gestão Estratégica de Mercado da FGV.

Atualmente é consultora da área Gestão Estratégica de Pessoas e Coach, certificada pela SLAC – Sociedade Latino Americana de Coaching.

– O propósito de seu trabalho é explorar as potencialidades das organizações e profissionais, propondo estratégias que os apoie a atingir resultados sustentáveis para seus negócios e carreiras, fazendo com que despertem sobre a capacidade de ir além, inspirando-os a tornarem-se melhores versões de si mesmos com foco no protagonismo e na evolução contínua.

E-mail: camila.gama@dhoconsulting.com.br

Site: https://dhoconsulting.com.br

Linkedin: https://www.linkedin.com/company/dhoconsulting/

Facebook: https://www.facebook.com/dhoconsultingbrasil 

Sugestões

Quando e por que devo recorrer ao coaching?
Artigos / Dicas

Quando e por que devo recorrer ao coaching?

Continue Lendo